ESCASSEZ DE ÁGUA – UMA PREOCUPAÇÃO MUNDIAL

O risco de escassez de água vem sendo uma preocupação atual e assolando a população mundial. Atualmente, mais de um bilhão de pessoas sofre com a falta de acesso à água limpa suficiente para suprir suas necessidades básicas diárias, como beber, cozinhar, tomar banho, entre tantas outras utilidades que esse bem tão precioso tem. Devemos atentar não só para o consumo excessivo, mas também ao desperdício e às práticas utilizadas em casa e no trabalho. Ainda não houve uma mudança de hábito preponderante e que pudesse resultar numa expressiva redução de consumo de água, capaz de diminuir o problema de escassez. A maior parte da população ainda não percebeu o tamanho do problema e não atentou-se às estatísticas. A questão é que, mantidos os atuais padrões de consumo e de danos ao meio ambiente, o quadro pode piorar muito e rapidamente: calcula-se que, em 2025, dois terços da população global – 5,5 bilhões de pessoas – poderão ter dificuldade de acesso à água potável; em 2050, já seria cerca de 75% da humanidade.

O problema parecia estar distante, afetando somente três, quatro ou cinco gerações à frente.

A falta desse bem tão precioso pode afetar não só à sede e à escassez de água para cozinhar, tomar banho e plantar, mas também à disseminação de doenças causadas pela ausência de tratamento da água, como diarreia e malária.

Estudiosos preveem que, num tempo não muito distante, a guerra não será mais pelo petróleo e sim devido à escassez dos recursos hídricos. A  água será o motivo de conflitos entre as nações e isso é preocupante. Sinais dessa nova era de tensão já podem ser vistos em áreas do planeta como Oriente Médio e África. E nós, brasileiros, que sempre acreditamos possuir fontes inesgotáveis de água doce, já vemos algumas de nossas cidades sofrendo com a falta de água doce limpa.

Um exemplo disso é o de uma das maiores cidades brasileiras, que apesar do problema passar despercebido, pela maioria da população, teve que estudar soluções para a falta de abastecimento de água limpa: esse é o exemplo, acreditem,  da cidade de São Paulo. Embora nascida na confluência de vários rios, São Paulo assistiu a degradação de suas águas através da poluição, o que resultou na falta de abastecimento gerado pelas fontes próximas à cidade. Para abastecer a população, foi preciso criar estruturas para captação de água limpa de bacias mais distantes, já que as bacias internas que forneciam água para a cidade estavam poluídas, alterando cursos de rios e a distribuição natural da água na região.

Por incrível que pareça, o Brasil ainda  é privilegiado com 12% da água doce superficial disponível em rios. Além disso, nosso País abriga o maior rio em extensão e volume do planeta: o rio Amazonas.  E como conseguimos, se somos tão bem abastecidos, termos problemas com a água limpa? Mais uma vez se faz necessário frisar que o desperdício é enorme, chegando entre 50% e 70% nas cidades, e que sempre houve grande desinteresse pela qualidade da água. Além da população que cresce consideravelmente. Deve haver, de imediato, mais consciência por parte da população no uso da água e, por parte do governo, um maior cuidado com a questão do saneamento e abastecimento.

A maior preocupação hoje é ter de conscientizar a população em um curto espaço de tempo, pois o problema chegou. O cuidado com o desperdício da água não deve ser somente de nossos filhos e netos, mas sim de nós mesmos. As ações precisam ser pensadas e as atitudes tomadas agora para que consigamos prevenir um sofrimento futuro muito maior. Não adianta ter medo e não ter consciência e atitude.

Por Eliana Santos
Coordenadora de Vendas

Anúncios

Uma resposta em “ESCASSEZ DE ÁGUA – UMA PREOCUPAÇÃO MUNDIAL

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s